24/01/2020 às 08h20min - Atualizada em 24/01/2020 às 08h20min

Após denúncia anônima, produtos furtados são recuperados pela PM em Araruna

Uma mulher foi encaminhada à delegacia

da Redação, com assessorias
Foto: Divulgação/PM
 
Diversos objetos furtados de uma propriedade na cidade de Fênix foram recuperados pela Polícia Militar (PM) na tarde desta quinta-feira, 23, na cidade de Araruna. Uma mulher de 32 anos, esposa de um dos suspeitos foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Peabiru. 

Segundo a PM, ela estava na residência onde os policiais localizaram os materiais furtados, dentre eles diversas ferramentas e produtos para uso em maquinários agrícolas. Duas caixas de uma esmerilhadeira e de uma pistola de pintura, que tinham etiquetas com o nome da vítima também foram localizadas na residência. 

Os policiais chegaram até o endereço após denúncias anônimas sobre um veículo Monza de cor cinza que estaria envolvido em furtos. Em diligências a equipe avistou três indivíduos ao lado do veículo, porém se evadiram antes da abordagem e deixaram o carro. 

Em contato com algumas pessoas estas informaram quem seria o proprietário do carro e a sua residência. Já no quintal os policiais identificaram algumas caixas de equipamentos que haviam sido subtraídos e relacionados em boletim de ocorrência. 

Quando a PM estava no local a mulher chegou e se apresentou como proprietária. Perguntada sobre o paradeiro do marido, a mulher disse não saber, assim como também disse desconhecer a origem dos objetos que ali estavam. 

Durante as buscas uma nova denúncia dava conta que o marido dela, e principal suspeito de ser o autor do furto, estaria escondido numa mata nas proximidades da casa. Ao verificar, os policiais visualizaram dois indivíduos correndo, não sendo possível a abordagem. 

Diante dos fatos os objetos e a mulher foram conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil de Peabiru para as providências de Polícia Judiciária. O veículo GM/Monza foi encaminhado para o Destacamento de Polícia Militar de Araruna por estar com pendências administrativas. 

 
     
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »